quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Café Buenos Aires

O romantismo da cidade do Tango nas ruas de Lisboa...

Se há um sítio extremamente turístico que consegue manter a atmosfera de local histórico é a Calçada do Duque. Um sem número de escadas que serpenteiam por entre a praça da Igreja de São Roque e a estação do Rossio, vão-se estreitando e alargando ao ritmo da sua descida, muitas vezes interrompida por pequenos patamares que são usados por um caos de pequenas esplandas que por ali se tentam acomodar ao mínimo espaço, a luz é ténue vinda de antigos candeeiros de luz amarela e das luzinhas penduradas com as bandeirinhas lembrando os santos e os bairros lisboetas, em certas curvas privilegiadas é possível ver o castelo em seu esplendor amarelo e o contrastante Mosteiro de São Vicente de Fora brilhando o seu brilho branco.

A meio da descida, mesmo no sítio onde a calçada se abre sobre a vista da cidade, paro num dos mais românticos restaurantes de Lisboa: o Café Buenos Aires. Sentamo-nos cá fora, debaixo das luzinhas e das bandeiras de diversas cores, no meio do corrupio de pessoas que sobem e descem a calçada, envolvidas pela vida, as cores e os sons da cidade.



Na lousa é descrito o menu de Verão, com duas sugestões de saladas: a salada de Verão e a salada de Atum. A minha comparsa escolheu a salada de Verão com a mozzarella de búfala e figos frescos do Algarve com morangos e pesto sobre tomates bio. Eu pedi o menu, de onde seleccionei a salada com folhados de beringela. Os folhados estaladiços recheados com beringela e queijo (penso que fosse de cabra), assentam sobre uma cama de verdes, manga, pêra, morangos e tomate. A acompanhar brindámos com um sumo natural misto de morangos e framboesas...E assim se compôs uma mesa veranesca cheia de cor! A combinar com a bela noite de Verão...
Uma refeição deliciosamente refrescante tanto para o corpo como para a mente!



De onde estávamos sentadas conseguimos ver o interior do restaurante: o chão em madeira corrida, as pequenas mesas rodeadas de bancos que ocupam todos os recantos da sala, a insólita mesa central esculpida para alojar as mais volumosas barrigas, a luz ténue e amarela de velas e luzinhas, as decorações e memórias que enchem as paredes. Ambiente acolhedor, quente e romântico, lembra-me os jantares das noites de inverno! Quando desfrutei do conforto das comidas argentinas, o famoso e generoso bife argentino simples e delicioso pela qualidade dos seus ingredientes e excelente confecção.

É certamente um dos meus favoritos. Fiquei feliz por descobrir que mesmo ao lado há também o Café Buenos Aires na fábrica, mais espaçoso que permitirá acolher mais gente quando a esplanada faltar. Apesar de ser um espaço maior mantém uma atmosfera convidativa que me deixou curiosa.

Ideal para: jantar ao ar livre ou no conforto de um acolhedor recanto
Com: a dois ou mais (o interior limitado a pequenos grupos)
Comes & bebes: comida argentina, especialidade bife argentino e saladas
Mood: social, esplanada, bairro, romântico, cosy
Coordenadas: largo do Carmo
Budget: 18€ (salada & sumo natural)


Café Buenos Aires
Calçada do Duque 31
1200-155 Lisboa
213420739
facebook

horário: Segunda a Sábado das 18h00 às 0h00

1 comentário:

  1. Gostei imenso! Espero lá ir numa próxima visita a Lisboa.

    ResponderEliminar